Páginas

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Surpresa!!!

Meu Deus mais que postagem preguiçosa hein? vo trazer uma nova surpresa para vocês!ok?
ahhh já ia me esquecendo... Curtam a minha página no facebook que tambem é Aquario Vivo!

Telescópio

Seguindo assim a espécie de kinguios vemos aqui uma das espécies mais lindas que eu acho, aqueles olhos esbugalhados são seu charme, espera ai, olhos esbugalhados?...é os seus olhos são dessa forma por causa da mutação e da mistura de várias espécies de kinguios, o carinha ai da foto é um blackmoor ou lua negra por causa de sua cor, mas ele não se encontra só em uma cor, existem várias como o gold que é o dourado, panda que é o bicolor (preto e branco) e etc, mesmo temperamento do kinguio normal, alimentação a mesma e se quiser saber mais sobre sua especie esta aqui mesmo no blog.   blog:http://aquarivivo.blogspot.com.br/2011/12/kinguios.html

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Peixe espada

O peixe espada é um peixe muito marcado por suas características como por exemplo a sua cauda com uma ponta longa, mas essa característica só a de vir nos machos, a fêmea é muito parecida com  o macho, mas a mesma possui uma barriga grande e oval, como vemos, o peixe na foto ao lado é  macho pois possui a ponta e não tem barriga oval.
Muito apreciado e apaixonante, mas de um temperamento não tão bom ele pode chegar a agredir outros peixes.
                                                                                                                
                      Histórico  


Nome cientifico: Xiphophorus helleri   
Reino: Animalia 
Filo: Chordata
Classe:Actinopterygii 
Ordem:Perciformes
Família:Poeciliidae  
pH: alcalino (7,2 a 7,5)
temperatura: 24º a 28º C
Reprodução: ovovivíparo


                                                          Alimentação
Bem o mais aconselhável na alimentação dos espadas é dar comida em flocos para uma melhor digestão e para uma melhor retenção de proteínas, de também espirulina é um ótimo alimento para poecílios mas  eu costumar dar ração de bolinhas (que não é o aconselhado) bem se você não tem espirulina não tem problema não é obrigatório, mas ela é vendida em qualquer loja especializada em aquarismo, optam também  por alimentos vivos como artêmias.


                                                         Reprodução
Como vimos no histórico o peixe espada é um peixe ovovivíparo, diferente do que muitos pensam. Muitos encaram o peixe espada como vivíparo, mas os embriões desenvolvem-se dentro de ovos, aconselha-se 2 fêmeas para cada macho, o tempo de gestação dura de 30 a 40 dias, ela dará 50 a 100 alevinos, depois de os mesmos nascerem tirem os pais pois eles irão devorá-los, em segundo você terá que se preocupar com a alimentação dos pequeninos, dê a eles infusórios que são organismos microscópicos, ótimos para alevinos, dê também artêmias, é muito importante que seu alimento seja com muitos valores energéticos para que atendam as suas exigência, e também podem dar alcon alevinos, seus micro flocos são compostos por ingredientes selecionados que conferem a esta ração uma alta digestibilidade, necessária  aos pequenos alevinos.                           
                                                        Curiosidades
Alguns aquaristas e cientistas, já observaram o fenômeno da mudança de sexo da fêmea do espada. algumas  fêmea, depois de alguns anos ou meses, os ovários param de funcionar, ocorre uma mudança na nadadeira
anal transformada em gonopódio (o órgão sexual do macho), a nadadeira deixa de ser apenas uma nadadeira e vira a "espada" que o macho possui, como no caso do peixe palhaço, quando se possui 2 fêmea s ou 2 machos o peixe o palhaço muda de sexo para que possam conseguir a reprodução, no caso dos espadas, no entanto essa teoria não é rejeitada por estudiosos, visto que o macho leva um bom tempo para atingir a maturidade e para atingir as características sexuais secundárias, nesse período o corpo do macho é roliço igual a os das fêmea adultas, resultado para o grupo de estudiosos dizer que esta teoria é enganosa de "mudança de sexo". 

sábado, 7 de julho de 2012

sexta-feira, 6 de julho de 2012

desculpem por eu ter demorado tanto para postar algumas da minha pequenas coisas ( que ainda vem muito pela frente ) por isso mais uma vez me desculpem pois não tive tempo para postar as minhas coisas

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Betta

Peixe Betta ou peixe de briga é um peixe briguento, mas é bonito, o betta é muito valorizado por aquaristas por sua beleza e também é também muito valorizado por comerciantes que gostam desse peixe por causa da sua beleza, mas muitos não gostam por não viverem em conjunto e atacarem peixes menores ou indefesos. O betta é um peixe apaixonante, fácil de se criar e opta por um Ph neutro (7,0)
sua alimentação não é difícil mas vamos ver no assunto alimentação. 
A fêmea não é tão apreciada  por não ter a mesma beleza do betta macho ela possui caudas pequenas e cores menos vivas.                                                                                                                                                              

                 Histórico   



Espécie: Betta splendens
Origem: Ásia (Tailândia, Malásia e Vietnã).
Comprimento máximo: 10 cm.
Reprodução: ovíparo.
pH: neutro a ligeiramente ácido (7,0 a 7,2)
Temperatura: 24º a 30º C
Aquário: pequeno a médio.
Reino: Animalia.
Filo: Chordata.
Classe: Osteichthyes
Ordem: Perciformes
Família: Osphronemidae.




                                                             Alimentação


                  A alimentação é um dos temas mais discutidos sobre os bettas, então alimentação contribui em vários fatores que são eles saúde, cores da cauda, imunidade, energia para o animal se mexer, respirar  e etc.
A alimentação é um dos fatores para formar um peixe nutrido, forte e de bom porte, então seja o alimento vivo, rações, alimentos frescos, eu dava minhocas vivas para o meu betta eu acho que ele gostava, mas depois ele vomitava-a e a comia denovo (estranho) minhocas são boas por ter uma forte fonte de carne para fortalecer sua boca e serve como gordura (não que seu betta fique gordo) você também pode dar ao seu betta  ração Alcon mini betta é uma ótima escolha, ops quase ia me esquecendo se você der muitas minhocas  ao seu betta ele pode sofrer uma pequena constipação de 1 dia, mas eu acho que depende do betta porque existem bettas que comem muito.

                         Reprodução


 Os  bettas são animais que adaptam-se muito bem a qualquer ambiente que exista oxigênio e que não exista poluição, então em um  aquário de mais ou menos 30 litros para um bom espaço  para  seu betta, para a sua acompanhante e para seus alevinos, então passo 1º se seu aquário tiver pedras, cascalhos ou outros tire-as para que não machuque a fêmea, geralmente a fêmea é menor que o macho, então como o betta é agressivo a fêmea pode apanhar e com o cascalho ela pode se machucar ainda mais e também a atrapalha na fuga. 2 passo coloque plantas na superfície (samambaia de java), ( valineria   sudamericana) para que o ninho de bolhas fique firme, ninho de bolhas?, sim um ninho de bolhas o betta macho faz o ninho de bolhas para que os ovos grudem na superfície e assim os ovos ão eclodir mas estamos adiantando muito, vamos voltar a que estávamos falando, a fêmea precisa estar "amadurecida" ou "pronta" para o acasalamento, a fêmea fica com listras verticais e fica com uma barriga bem arredondado e com o ovopositor a aparecer, mas antes deixe o macho e a fêmea se olharem por 20 minutos por dia e depois deixe-os no mesmo aquário, é normal que o macho persiga a fêmea porque é do instinto do betta mas se o macho começar a machucar a fêmea retire-os logo, continue fazendo esse processo depois de uns 2 dias já temos um ninho com ovinhos pois a fêmea libera-os sobre uma pequena pressão do macho a envolvendo e assim ele libera os espermatozoides assim fertilizando óvulo depois o macho pega os ovos com a própria boca e os coloca no ninho esse processo se repete várias vezes pois os ovos caem do ninho, retire a fêmea. 48 horas depois os ovos eclodem assim liberando os alevinos, depois de os alevinos nadarem na horizontal retire o macho. quanto o espaço, quanto a alimentação são muito importantes, ração industrializadas para alevinos ou alimentos vivos ou frescos, de preferência aos alimentos vivos (artêmia, infusórios e etc). Coloque compressores de ar com pedra porosa pois o labirinto do alevino ainda não esta desenvolvido.
                       

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Guppy

Guppy ou lebiste é um peixe muito pacífico, mas as vezes gosta de beliscar outros peixes, é brincalhão e apresenta um grande apetite sexual. O Guppy é um animal ovovivíparo,ou seja, É um animal que quando filhote é armazenado em óvulos e dentro da barriga da mãe e depois são liberados e em poucos segundos viram alevinos. É animal muito bonito de várias cores, de vários formatos por causa dos cruzamentos exagerados gerando embriões com novas e formatos novos. Um peixe dócil, exige alguns cuidados, mas resistentes.

            Histórico                                                              


  Nome científico: Poelicilia reticulata
  Reino: Animalia
  Filo: Chordata
  Classe: Actinopterygii
  Ordem: Cyprinodontiformes
   Família: Poecilidae
  Origem: América central
  Comprimento máximo: 4 cm o macho e 6cm a fêmea
   pH: Alcalino 7,2 a 7,5
   
          Cuidados
Este animal suportam temperaturas medianas por exemplo, 24º C a 28º C, pH alcalino de 7,2 a 7,5, aquário com plantas e mantê-los com peixes menores e pacíficos.
                    Alimentação
A alimentação dos guppies é composta de alimentos secos como fibras, ração em flocos, e náuplios de artêmia, larvas de mosquito, tubifex, dáfnias,  micro vermes e etc. alimente seu guppy 4 vezes por dia e se você optar por ração, opte pela de primeira linha, mas  isso é opcional. Rações de primeira linha exemplos: alcon GUPPY, alcon VEGETAL, alcon COLOURS e alcon BASIC.


                                                                                                                                   Reprodução
Antes de tudo você deve saber diferenciar o macho e a fêmea bem nessa enquete nós só mostramos imagens de guppies machos, acho que deu pra perceber que os machos têm uma cauda longa e bonita e têm cores vivas e têm o gonopódio alongado e a fêmea tem um gonopódio não alongado, o gonopódio é o  órgão sexual do guppy, as fêmeas tem um ventre  mole e uma mancha preta perto da cloaca só com uma tonalidade de amarelo queimado ou só amarelo e com a cauda colorida ou não.
Agora sim podemos começar com a parte da reprodução. Quando se está na parte da reprodução você deve aumentar a temperatura do aquário para 26º C a 28º C,  e agora chega a parte da fertilização o macho copula a fêmea, que usa os espermatozoides para fertilizar os óvulos. Os óvulo se desenvolvem no ventre da fêmea mas sem nenhuma relação com ela, ou seja, sem placenta. quando a fêmea está grávida nota-se uma mancha castanha perto das nadadeiras anais. Passados 28 a 38 dias a fêmea solta os ovos que  em segundos eclodem e viram alevinos. alimente os alevinos com comida especializadas para alevinos  alimentos vivos como infusórios e depois de 3 meses alimente-os com náuplios de artêmia.